Responsabilidade Social

Responsabilidade Social

O Grupo Mota-Engil tem entre os seus valores um profundo sentimento solidário resultante do legado do seu fundador, reconhecido como um empresário de profunda visão e espírito filantropo, existindo uma preocupação permanente de manter os valores culturais e a identidade empresarial assente numa participação de cidadania ativa e responsável na sociedade. 

Assim, e para dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelos colaboradores da Mota-Engil ao longo da sua história e honrar a memória inspiradora de Manuel António da Mota, foi constituída em dezembro de 2009 a Fundação Manuel António da Mota, que tem como mecenas exclusivo o Grupo Mota-Engil, de forma a preservar o espírito dos seus fundadores, pessoas coletivas do universo empresarial Mota-Engil e da Família Mota, contribuindo assim e de forma decisiva para o reforço e consolidação da sua estratégia de Responsabilidade Social.

PROGRAMA DE RESPONSABILIDADE SOCIAL DO GRUPO MOTA-ENGIL 

O Programa de Responsabilidade Social do Grupo Mota-Engil visa dar expressão organizada à Visão, Estratégia e ao Compromisso e Adesão do Grupo aos princípios do desenvolvimento sustentável. 

Estabelecendo como objetivo estratégico e eixo fundamental de intervenção o apoio ao desenvolvimento social, educativo, cultural e ambiental das comunidades onde se insere, o Grupo Mota-Engil reforça o relacionamento com as suas partes interessadas no quadro de uma cidadania empresarial ativa e participativa. 

Esta abordagem metodológica afigura-se crucial para dar uma resposta mais eficiente aos problemas através da articulação e concertação de esforços numa lógica de complementaridade e estrategicamente orientada para intervir em áreas onde o setor público ou privado apresentam maiores dificuldades de cobertura. 

Desta forma, o Programa de Responsabilidade Social encontra-se estruturado através da adoção de um conjunto de objetivos gerais em que se traduz a sua concretização.

OBJETIVOS GERAIS: 

Criação de valor com base nas melhores práticas internacionais 

  • Criar valor na perspetiva do acionista e da sociedade em geral. 
  • Abordagem preventiva e prospetiva dos riscos decorrentes dos impactos económicos, sociais e ambientais do negócio integrando-os no modelo global de gestão. 
  • Cultura baseada na qualidade, rigor e orientação para o cliente. 
  • Aumentar a produtividade e eficiência de processos visando atingir elevados níveis de desempenho operacional de acordo com as melhores práticas internacionais e de mercado.

Eco-eficiência e Inovação 

  • Fazer mais com menos reduzindo o consumo de recursos e incrementando a eficiência na sua utilização. 
  • Procura constante de melhorias no plano ambiental que potenciem paralelamente benefícios económicos. 
  • Forte incentivo à inovação como fator crítico de aumento da competitividade estimulando o crescimento, diversificação e criação de novas oportunidades de negócio.

Proteção do meio ambiente 

  • Minimizar o impacto ambiental das atividades do Grupo integrando a perspetiva ambiental nos processos e sistemas de gestão. 
  • Promover e participar em iniciativas de sensibilização e preservação dos valores ambientais.

Ética empresarial 

  • Observância de critérios éticos na promoção dos valores, cultura e modelo de gestão do Grupo. 
  • Respeito pelas pessoas e pelos seus direitos.

Diálogo com as partes interessadas 

  • Transparência e abertura no relacionamento com as partes interessadas. 
  • Comunicação regular e sistematizada com as partes interessadas visando auscultar e integrar as suas preocupações. 
  • Relato objetivo e credível do desempenho económico, social e ambiental.

Gestão do capital humano 

  • Traduzir a dimensão humana e o respeito pelas pessoas na estratégia e políticas de gestão de recursos humanos. 
  • Valorizar o emprego e a progressão na carreira, estimulando a aquisição de competências através da formação contínua e da aprendizagem ao longo da vida. 
  • Criar condições de trabalho motivadoras e compensadoras mediante políticas remuneratórias e de incentivo que favoreçam a excelência e o mérito. 
  • Garantir os mais elevados padrões de saúde e segurança no trabalho. 
  • Adotar práticas de recrutamento e seleção não discriminatórias e que promovam a igualdade de oportunidades. 
  • Apoiar ativamente a transição da escola para a vida ativa promovendo a formação qualificante. 
  • Estimular o envelhecimento ativo visando o equilíbrio geracional dos recursos humanos no quadro de uma política laboral responsável e socialmente sustentável.

Apoio ao desenvolvimento social

  • Apoiar iniciativas de carácter social, educativo, cultural e ambiental promovidas ou em parceria com entidades externas. 
  • Contribuir através da ação mecenática para o desenvolvimento sócio-económico das comunidades onde desenvolve a sua atividade.